Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
18/03/2021 | 10:20 - Amazonas / Notícias

Governo do Amazonas alinha ações com municípios para ampliar vacinação contra a Covid-19

FOTOS: Arthur Castro / Secom

Reunião coordenada pela FVS-AM contou com representantes municipais envolvidos na campanha
 
O Governo do Amazonas, por meio da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), iniciou alinhamento com secretarias municipais do interior do Estado sobre procedimentos para ampliar a cobertura vacinal contra a Covid-19 e melhorar o fluxo de entrega dos imunizantes. A reunião ocorreu de forma on-line, nesta quarta-feira (17/03), por videoconferência, com a participação de mais de 50% dos municípios, representados pelos profissionais envolvidos no processo de imunização e gestão no enfrentamento à Covid-19.
 
Na agenda da reunião, a equipe técnica do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS-AM tratou de assuntos como a importância da atualização diária de informações das doses aplicadas pelas prefeituras. Para oferecer transparência e avaliar o desempenho de cada cidade, os dados sobre distribuição de doses e as suas aplicações na população amazonense estão disponíveis no site da fundação (www.fvs.am.gov.br), com o título “vacinômetro”. O sistema é atualizado diariamente, a partir dos números repassados pelos municípios.
 
Durante o encontro, a FVS-AM também sugeriu, aos representantes dos municípios, maneiras de incentivar a vacinação da população, por meio do reforço de ações de educação em saúde, mobilização social, sistema passa e leva (drive-thru), vacinação em domicílio, entre outras estratégias eficazes para alcançar um maior número de pessoas.
 
Logística – Um dos pontos discutidos pelas equipes tem relação com a dificuldade logística de algumas cidades em buscar a vacina na capital. Conforme a FVS-AM, 12 municípios estavam com pendências de retirada dos imunizantes. A reunião serviu, ainda, para esclarecer com os representantes qual seria a melhor forma de repassar as doses.
 
Na ocasião, o diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes, ressaltou o esforço do Estado junto ao Governo Federal para acesso a mais doses de vacinas para o Amazonas, como também contribuir na distribuição dos imunizantes para os municípios com maior dificuldade de logística. “Diante da realidade do Estado, o Governo do Amazonas, por meio da FVS-AM, juntamente com a Casa Militar, viabilizará o envio das remessas remanescentes de forma racional e otimizando os recursos", informou.
 
Fernandes complementa ainda que o Amazonas é destaque nacional em relação ao desempenho da vacinação. "Apesar das dificuldades logísticas, o Governo do Estado do Amazonas vem cumprindo seu papel no apoio aos municípios, por meio da Casa Militar", reforçou.
 
De acordo com Fernandes, o transporte dessas vacinas segue protocolos rigorosos para que não ocorra a perda da qualidade do imunizante. “O deslocamento para essas localidades mais distantes, dependendo do tipo de viagem, ultrapassa 36 horas, e a recomendação é de tempo máximo estimado em 24h para o traslado das vacinas, por isso, nesse sentido o Estado deve fazer uma força-tarefa”, informou.
 
Os municípios de Atalaia do Norte, Guajará, Maraã, Pauini, São Gabriel da Cachoeira, Tabatinga e Urucará também estavam com pendências para buscar as vacinas, mas já agendaram a retirada das doses remanescentes para esta quinta-feira (18/03).
 
A FVS-AM destacou que a Secretaria da Casa Militar continuará dando apoio logístico, principalmente para localidades mais distantes. A operação de entrega em duas aeronaves já contemplou 30 municípios. Além da vacina, a Casa Militar já atuou no translado de corpos de vítimas acometidas pela COVID-19, transporte de equipes técnicas da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) para instalação de miniusinas geradoras de oxigênio.
 
Vacinação – O Governo do Amazonas recebeu nesta quarta-feira (17/03) a oitava remessa de imunizantes contra a Covid-19, enviada pelo Ministério da Saúde. São 49.800 mil doses da CoronaVac, produzidas pelo Instituto Butantã. Com esse lote, o Amazonas registra 812.820 doses de imunizantes.
 
Já foram aplicadas, no Amazonas, 481.423 doses de vacinas, sendo 372.744 de primeira dose e 108.679 de segunda dose, até esta quarta-feira (17/03). Entre os estados brasileiros e o Distrito Federal, o Amazonas é o que mais aplicou doses dos imunizantes, segundo dados de um ranking elaborado por um consórcio de veículos de imprensa. Até o momento, 8,57% da população no estado foi vacinada.

  

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2021 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença