Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
24/03/2021 | 22:00 - Brasil / Geral

Eike Batista é condenado pela CVM ao pagamento de multa de R$ 150 mil

Foto : Wilson Dias/Agência Brasil

Ele foi julgado culpado por ter votado em situação de conflito de interesse em reunião do Conselho de Administração da MMX Mineração e Metálicos, que presidia à época

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) considerou Eike Fuhrken Batista culpado, durante sessão de julgamento realizada hoje (23).
A multa aplicada ao empresário será de R$ 150 mil, por ter votado em situação de conflito de interesse em reunião do Conselho de Administração da MMX Mineração e Metálicos, que presidia à época.
Eike Batista tem três condenações pela 3ª Vara Federal Criminal por crimes contra o mercado de capitais. A soma das penas alcança 28 anos de prisão. Ele foi condenado também a mais 30 anos de cadeia pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, em operação desdobramento da Lava-Jato.

Ele recorre em liberdade, apesar de já ter sido preso em duas ocasiões, durante operações da Lava Jato. Em 2019, chegou a ficar preso durante dois dias, mas foi libertado por 'habeas corpus'.

Metro1 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2021 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença