Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
18/03/2021 | 10:45 - Brasil / Saúde

Covas confirma 1ª morte na fila por leitos em São Paulo e deverá decretar antecipação de feriados

Foto : Patrícia Cruz

Segundo o prefeito, a medida "se mostrou eficiente no ano passado"

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), confirmou o registro da primeira morte à espera de leito na cidade. De acordo com o chefe do Executivo paulistano, um paciente da Zona Leste morreu por falta de atendimento. A capital está com 88% dos leitos de UTI ocupados.
Em entrevista à GloboNews, ele descartou a possibilidade de decretar um lockdown na capital paulista. Segundo ele, a prefeitura deverá anunciar hoje (18) a antecipação de feriados para tentar conter o avanço da pandemia de coronavírus, medida que "se mostrou eficiente no ano passado".
"Se a gente conseguir 15 dias que as pessoas consigam voltar aos índices de isolamento do início da pandemia, a gente já consegue uma melhora na quantidade de casos e internações. Precisamos desse prazo de 15 dias que os especialistas da vigilância apontaram para conseguir colocar a curva para baixo e atender todo mundo na cidade", disse.
Em julho de 2020, a gestão Covas antecipou os feriados de Corpus Christi e o da Consciência Negra, num esforço para conter os casos de Covid-19.

Ainda de acordo com o prefeito, a capital paulista não tem como implementar medidas restritivas mais rígidas, por falta de efetivo de segurança. "No município é inviável decretar lockdown. A gente tem 1.000 guardas da GCM (Guarda Civil Metropolitana). É inviável fiscalizar se as pessoas estão saindo de casa com mil guardas", afirmou. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2021 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença