Brasília Cidades Ciência Cotidiano Cultura Economia Educação Energia Entretenimento ESPECIAL PUBLICITÁRIO
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
25/10/2017 | 19:01 - Amapá / Saúde

AP. Governo intensifica cirurgias ortopédicas e reduz a fila de espera no HE

Marcio Pinheiro

O HE é a porta de entrada para as vítimas que sofreram fraturas, lesões ou ferimentos em acidentes e é onde acontece a maioria das demandas cirúrgicas. Além dos procedimentos de urgência, o HE realiza os eletivos ortopédicos de membros superiores - ombro, braço, punho. Já no Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCal) acontecem as cirurgias de maior complexidade de urgência, além das eletivas de membros inferiores, joelho, fêmur e tornozelo.

 

Para reduzir a fila de espera da ortopedia do Hospital de Emergência, o governo do Estado intensificou as cirurgias no período de 16 a 21 deste mês. Somente de ortopedia 105 pacientes foram operados, sendo 65 cirurgias eletivas - da fila de espera - e 40 de urgências e emergência.

O HE é a porta de entrada para as vítimas que sofreram fraturas, lesões ou ferimentos em acidentes e é onde acontece a maioria das demandas cirúrgicas. Além dos procedimentos de urgência, o HE realiza os eletivos ortopédicos de membros superiores - ombro, braço, punho. Já no Hospital de Clínicas Alberto Lima (HCal) acontecem as cirurgias de maior complexidade de urgência, além das eletivas de membros inferiores, joelho, fêmur e tornozelo.

Atualmente 36 pessoas aguardam por cirurgia ortopédica no HE, destas, 25 devem ser transferidas para procedimento no HCal, as demais realizarão as cirurgias no decorrer desta semana. Dez ortopedistas atuam no do pronto socorro entre escala de plantão e atendimento diário.

A maioria das entradas de trauma são de vítimas de acidente de trânsito e do sexo masculino, explicou o diretor Waldir Bittencourt. "Hoje temos uma alta demanda de pacientes do sexo masculino entre 18 e 35 anos hospitalizados em decorrência da violência no transito. A intensificação das cirurgias ortopédicas acelera o andamento da fila", informou.

O diretor destacou também que a conscientização da população sobre os riscos que a combinação bebida alcoólica e direção pode trazer é muito importante. E lembrou que durante a Operação Sossego, no feriado prolongado de 12 a 15 de setembro, houve uma redução expressiva de 53,8% das entradas de traumas ocasionados por acidentes de trânsito.

De janeiro a setembro foram realizadas 3.215 cirurgias, incluindo ortopédicas, no único hospital de urgência e emergência do Estado.

Fonte: ap.gov.br

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2020 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença