Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
06/09/2018 | 11:17 - Brasil / Turismo

Turismo. São Luís(MA) e Vitória(ES) fazem aniversário neste sábado

Divulgação

São Luís preserva uma das heranças da cultura negra mais ricas do país. O Museu do Negro ocupa o antigo mercado de escravos e abriga peças de origem africana e instrumentos musicais. Entre as manifestações destacam-se o bumba-meu-boi, festa de origem afro-indígena característica do período junino; o tambor-de-crioula; e, mais recentemente, o reggae. A capital maranhense conta até com um museu temático do ritmo jamaicano que conquistou o Maranhão. Em Vitória, o Museu Capixaba do Negro é um centro estadual de referência à cultura negra, e outro destaque cultural é o Museu do Pescador, voltado principalmente para a relação dos moradores com o mar e o manguezal.

 

Não à toa, São Luís do Maranhão é conhecida pelo casario colonial. São mais de 3 mil sobrados com fachadas revestidas de azulejos que abrigam espaços culturais, museus, lojas e restaurantes. O coração da cidade, seu Centro Histórico, foi tombado pela Unesco como patrimônio mundial. A cidade, que completa 406 anos neste sábado (8), foi fundada pelos franceses em 1.612. A ilha de São Luís fica rodeada pelo ambiente natural da baía de São Marcos.

Já Vitória (ES) é um arquipélago de 33 ilhas entre montanhas e manguezais. A capital capixaba tem vários parques urbanos, trilhas com mirantes e monumentos naturais, entre eles, o Penedo de Vitória, a Pedra da Cebola e a Pedra dos Olhos. O Centro Histórico remonta os seus 467 anos de fundação, no ano 1551, quando a antiga capital mudou de Vila Velha (1535), no sopé do morro da Penha, para a Ilha de Vitória.

O Palácio dos Leões, sede do governo do Maranhão, no forte que deu origem à São Luís, é um dos símbolos culturais mais importantes da cidade, bem como o Convento das Mercês, o Teatro Arthur Azevedo e a Catedral da Sé. Em Vitória, o Palácio Anchieta, antigo colégio dos jesuítas e sede do governo do Espírito Santo, destaca-se entre os monumentos históricos, além do Convento São Francisco, Theatro Carlos Gomes e a Catedral. As duas capitais têm a mesma padroeira, Nossa Senhora da Vitória.

São Luís preserva uma das heranças da cultura negra mais ricas do país. O Museu do Negro ocupa o antigo mercado de escravos e abriga peças de origem africana e instrumentos musicais. Entre as manifestações destacam-se o bumba-meu-boi, festa de origem afro-indígena característica do período junino; o tambor-de-crioula; e, mais recentemente, o reggae. A capital maranhense conta até com um museu temático do ritmo jamaicano que conquistou o Maranhão. Em Vitória, o Museu Capixaba do Negro é um centro estadual de referência à cultura negra, e outro destaque cultural é o Museu do Pescador, voltado principalmente para a relação dos moradores com o mar e o manguezal.

As praias estão entre os atrativos mais procuradas pelos turistas que visitam São Luís e Vitória. Calhau, Olho D'Água e Araçagi são as praias mais procuradas da capital maranhense. Como 32 km de orla, esportes como surfe, futebol de areia, Stand Up Paddle, futevôlei, vôlei de praia, frescobol e kitesurf são populares por lá. Já a orla de Vitória é repleta de atrativos para os turistas, cuja principal praia é Camburi, com seis quilômetros de extensão. As praias do Canto, Curva da Jurema, Ilha do Boi e Castanheira também estão entre as mais frequentadas.

Gatronomia

O Arroz-de-Cuxá, de São Luís, e a Moqueca Capixaba, de Vitória, são verdadeiras experiências gastronômicas para os turistas que visitam as duas capitais. O Cuxá leva, entre os ingredientes, folhas de vinagreira. Já o prato capixaba é feito em uma panela de barro atesanal de Vitória. As duas capitais oferecem pratos à base de frutos do mar e peixes com temperos que diferenciam as duas cozinhas regionais. 

Mtur

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença