Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
29/05/2019 | 07:51 - Roraima / Energia

RR. Deputados pedem CPI para investigar sistema energético de Roraima

Alex Paiva

Participaram ainda da audiência dos deputados Renan Filho (PRB), Catarina Guerra (SD), Gabriel Picanço (PRB), Renato Silva (PRB), Betânia Almeida (PV). A audiência também teve a presença do deputado federal Nicoletti (PSL) e representantes do Procon Assembleia, Procon Roraima, Cerr (Companhia Energética de Roraima) e do Parlamento Amazônico (grupo de parlamentares da Amazônia Legal destinado a discutir temáticas ligadas ao desenvolvimento da região).

 

Parlamentares querem apurar a atuação da única distribuidora de energia no Estado e entender os motivos dos constantes aumentos na fatura dos roraimenses

A audiência pública para tratar sobre a questão energética do Estado, na manhã desta terça-feira (28), na Assembleia Legislativa de Roraima (ALE-RR), foi marcada por pelo menos três quedas de energia, que já fazem parte do cotidiano dos roraimenses. Ao final do evento, os deputados propuseram a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar o sistema energético de Roraima.

O autor do requerimento para a realização da audiência foi o deputado Jeferson Alves (PTB) que pontuou o aumento na conta de energia e as interrupções diárias no fornecimento. “Ou o povo come ou paga energia. De março até hoje, as contas triplicaram para todos e diariamente há queda. Pedimos que seja cobrada uma tarifa justa e que seja oferecido um serviço de qualidade”.

Ao final do evento, com o apoio dos demais parlamentares, Jeferson Alves propôs a criação da CPI para investigar a empresa Roraima Energia. “Hoje, pagamos muito caro por um serviço ruim. Então, se a empresa ganhou a licitação, por que não oferece um serviço de qualidade? Não podemos aceitar que o nosso povo seja sacrificado”, concluiu.

Em agosto do ano passado, a empresa Oliveira Energia arrematou a Boa Vista Energia durante o leilão das distribuidoras da Eletrobras. Jeferson afirmou que o Estado está refém de um monopólio do setor elétrico. “Hoje, essa empresa é a única responsável pela geração e distribuição de energia em Roraima, o que acaba nos tornando reféns”, disse.

A deputada Aurelina Medeiros (Pode) destacou que em 2011 foi aprovado o projeto para a construção do Linhão de Tucuruí, que nunca saiu do papel devido a impasses relacionados à passagem da obra pela reserva indígena Waimiri-Atroari. “Não podemos passar um fio de luz para não prejudicar os indígenas, mas não estão pensando no restante do Estado”.

Sobre as constantes quedas de energia, o deputado Coronel Chagas (PRTB) enfatizou que os empresários e a população estão sendo penalizados. “A nós, consumidores, não importa se ela [energia] vem de Guri, Tucuruí ou termelétricas, o que nos interessa é que tenhamos uma energia segura. A empresa que tem essa concessão precisa adotar as providências para assegurar a continuidade e a eficiência dos serviços, disse.

O deputado Éder Lourinho (PTC) fez vários questionamentos ao representante da Roraima Energia, Rodrigo Moreira. Entre eles, quais são os investimentos realizados para atender os municípios. “Quais os investimentos previstos para atender o pessoal do interior? Além disso, gostaria de saber como a distribuidora atende as pessoas que tiveram danos materiais com as quedas de energia. Visitei o sul do Estado e, lá, a situação é mais complicada”, questionou.

Participaram ainda da audiência dos deputados Renan Filho (PRB), Catarina Guerra (SD), Gabriel Picanço (PRB), Renato Silva (PRB), Betânia Almeida (PV). A audiência também teve a presença do deputado federal Nicoletti (PSL) e representantes do Procon Assembleia, Procon Roraima, Cerr (Companhia Energética de Roraima) e do Parlamento Amazônico (grupo de parlamentares da Amazônia Legal destinado a discutir temáticas ligadas ao desenvolvimento da região).

 ALLER

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença