Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS VÍDEOS RÁDIO
notícias
12/03/2018 | 12:03 - Roraima / Energia

RR. Audiência pública discute situação energética de Roraima

G1 - Globo

Dados da Eletrobras Roraima, revelam que nos últimos três anos, o Estado tem enfrentado quedas de energia constantes devido a desligamentos da Linha de Transmissão de Guri na Venezuela. Em 2016 foram registrados 38 desligamentos, 2017 foram contabilizados 33 e em 2018 até o momento, o estado já foi penalizado com três apagões que duram em média 15 minutos.

 

O sistema energético de Roraima esteve mais uma vez em discussão na Assembleia Legislativa (ALERR). O evento ocorreu recentemente e foi conduzido pelo deputado Izaias Maia (sem partido), presidente da Comissão de Defesa do Consumidor e do Contribuinte na Casa Legislativa, e também o autor do requerimento que solicitou o evento.

Entre as pautas, estavam principalmente a construção do Linhão de Tucuruí, que interligará Roraima ao Sistema Nacional Enérgico Brasileiro e as constantes quedas de energia ocasionadas pelo desligamento da Linha de Transmissão de Guri na Venezuela (VE).

O presidente da Eletrobras Roraima, Anselmo Brasil, afirmou durante as discussões que a empresa está preparada para atuar em qualquer imprevisto que haja caso o fornecimento de energia vindo da Venezuela seja interrompido, ou se o Linhão de Tucuruí demorar mais de dois anos para se tornar realidade aos roraimenses. “A Eletrobras está aparelhada para manter a segurança energética no Estado pelos próximos cinco anos”, destacou.

A deputada Aurelina Medeiros , questionou alguns relatos positivos de Brasil. Segundo a parlamentar, hoje os roraimenses pagam uma das energias mais caras do país e não possuem segurança quanto ao fornecimento. Uma prova, segundo ela, são as constantes quedas de energia enfrentadas quase que diariamente. “Atualmente só estamos vendo soluções paliativas e isso atrapalha o crescimento do Estado, pois a energia que fornecemos não é confiável. Precisamos de solução”, ressaltou.

Em contraponto a deputada, Anselmo Brasil disse ainda que no interior, nos municípios de Bonfim, na comunidade de Sucuba em Alto Alegre e também no município de Iracema, estão sendo construídas subestações energéticas para fortalecer a distribuição de energia no Estado. “Essas construções deram um impacto positivo na geração de serviço. Estamos trocando também nos próximos dois meses, os equipamentos geradores de energia de todas as comunidades indígenas”, afirmou o presidente da Eletrobras.

Izaias Maia, autor do requerimento que resultou na audiência pública, lamentou a não participação de parlamentares federais e afirmou mais uma vez que é preciso união para resolver a questão energética de Roraima. “Sem o apoio do Governo Federal não vamos conseguir resolver a deficiência energética do Estado. Se a situação não mudar, o futuro dos roraimenses será prejudicado”, afirmou.

Apagões -

Dados da Eletrobras Roraima, revelam que nos últimos três anos, o Estado tem enfrentado quedas de energia constantes devido a desligamentos da Linha de Transmissão de Guri na Venezuela. Em 2016 foram registrados 38 desligamentos, 2017 foram contabilizados 33 e em 2018 até o momento, o estado já foi penalizado com três apagões que duram em média 15 minutos.

ALERR

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2017 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença