Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
18/09/2018 | 10:46 - Roraima / Turismo

RR. Arraial Maranhense é incluído no calendário oficial do Estado

Divulgação - SupCom ALE-RR

A associação composta por 30 pessoas, segundo o presidente, Pedro Lima da Costa, foi formada em 2015, mas há nove anos o arraial é promovido para exaltar a cultura e fortalecer a identidade maranhense. Mais que um festejo, o evento tem a finalidade de descontruir a imagem negativa que existe há mais de três décadas em torno do povo maranhense.

 

O Arraial Maranhense, evento cultural promovido anualmente durante os festejos juninos pela Associação Cultural Maranhense de Roraima (ACMARR), agora faz parte do calendário oficial de eventos culturais do Estado de Roraima, conforme a Lei nº 1.284, sancionada pelo Poder Executivo. No próximo ano o festejo comemora uma década em Roraima.

 

De autoria do deputado estadual Evangelista Siqueira (PT), a lei valoriza a cultura dos migrantes maranhenses que escolheram Roraima para construir família e contribuir com o desenvolvimento socioeconômico e cultural da região. O parlamentar salienta que o encontro das diversas culturas e identidades culturais propicia um hibridismo cultural, formando dessa forma um grande “caldeirão cultural”.

 

A associação composta por 30 pessoas, segundo o presidente, Pedro Lima da Costa, foi formada em 2015, mas há nove anos o arraial é promovido para exaltar a cultura e fortalecer a identidade maranhense. Mais que um festejo, o evento tem a finalidade de descontruir a imagem negativa que existe há mais de três décadas em torno do povo maranhense.

 

“O festejo é um pano de fundo, pois o arraial é um posicionamento político. É uma ferramenta de luta, de reconhecimento e cidadania, para acabar com esse estigma de relacionar o maranhense a coisas ruins. Estamos muito felizes com a lei, porque sempre buscamos o reconhecimento e a valorização do maranhense, que muito contribui com desenvolvimento do Estado”, disse Costa.

 

O presidente explicou que quando grupos utilizam a cultura para se posicionar politicamente, é possível reverter estigmas e construir uma visão pautada em valores de respeito mútuo. “Quando os maranhenses mostram no arraial que são atores que contribuem com o Estado, passamos a superar a parte negativa, e deixamos de ser cidadãos comuns para nos tornarmos sujeitos sociais”. 

Sup. Com. ALERR

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença