Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
06/05/2019 | 10:59 - Amazonas / Energia

RR . Procon Assembleia solicitou esclarecimentos da Amazonas Energia sobre aumentos considerados excessivos

Alfredo Maia

Na última semana, o Procon Assembleia chegou a receber até dez reclamações por dia, de consumidores relatando um acréscimo de até 50%, e informando que os valores das faturas não condizem com o consumo. “Cada caso deve ser analisado, existem erros de leitura que pode acontecer, mas de uma maneira geral é devido à alta temperatura. Se o consumidor tiver alguma dúvida pode nos procurar para averiguar, e para corrigir a situação”, disse o representante da distribuidora.

 

Em resposta a um questionamento do Procon Assembleia, a empresa Roraima Energia, responsável pela distribuição de energia elétrica no Estado, informou que os aumentos no valor das faturas relatados pelos consumidores ocorrem porque a população está consumindo mais.

 

Em reunião com o Procon Assembleia, o diretor técnico e comercial da Roraima Energia, Rodrigo Nogueira, informou que houve alto consumo nos meses de fevereiro a abril. Ele afirmou que devido às altas temperaturas registradas neste período, o consumidor acaba usando mais os equipamentos como geladeira, freezer, câmaras frias e ar-condicionado, o que impacta no valor da fatura de energia, o que, segundo ele, não significa que houve alteração nas tarifas.

 

Na última semana, o Procon Assembleia chegou a receber até dez reclamações por dia, de consumidores relatando um acréscimo de até 50%, e informando que os valores das faturas não condizem com o consumo. “Cada caso deve ser analisado, existem erros de leitura que pode acontecer, mas de uma maneira geral é devido à alta temperatura. Se o consumidor tiver alguma dúvida pode nos procurar para averiguar, e para corrigir a situação”, disse o representante da distribuidora.

 

Reajuste

 

Segundo a empresa, o cálculo das tarifas de energia é estabelecido pela Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), orgão regulador do setor elétrico. O procedimento é padrão, aplicado a todas as distribuidoras do Brasil. O diretor informou que o último reajuste foi no mês de novembro de 2018, e que o próximo está previsto para novembro deste ano.

 

No caso dos consumidores que não mudaram a forma de consumo e estão sofrendo com aumento, ou em caso de danos em equipamentos, a sugestão dada foi que o cliente procure a empresa.

 

Denúncias

 

Segundo a diretora do Procon Assembleia, Eumária Aguiar, foi definido que as denúncias recebidas pelo serviço da Assembleia Legislativa serão encaminhadas para a Roraima Energia. “Se houver algum um erro vamos buscar o direito do consumidor. A nossa prioridade é avaliar e tentar resolver tudo, antes de ir para o Judiciário”, explicou.

 

Ficou acertado ainda que os atendentes do Procon Assembleia passarão por um treinamento sobre como lidar com as reclamações relacionadas à tarifas de energia. “Esse treinamento é para que na hora de avaliar as contas, possamos ter mais facilidade na hora de encontrar o erro e até recorrer pelo direito do consumidor”, disse.

A sede do Procon está localizada na rua Agnelo Bittencourt, nº 232, no Centro de Boa Vista, ou pelo telefone 4009-4826, de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h30. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença