Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
03/12/2018 | 12:16 - Rondônia / Cidades

RO . Presídios femininos em Rondônia ganham espaço humanizado para mães e filhos

Divulgação

Os espaços foram aparelhados por meio de acordo de cooperação com o Departamento Penitenciário Nacional, em consonância com a Política Nacional de Atenção às Mulheres em Situação de Privação de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional. Coube ao Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), providenciar e organizara os locais adequados no interior das unidades prisionais, para instalação dos itens infantis e dos aparelhos eletrônicos e de climatização.

 

Estabelecimentos prisionais femininos em Rondônia estão ganhando sala reservada para as crianças, com brinquedos diversos, itens pedagógicos e equipamentos eletrônicos audiovisuais, teatro de fantoches, proporcionando um espaço recreativo, educativo e de encontro entre mães e filhos, visando reduzir as tensões do ambiente prisional.

Nesta última semana de novembro foram inauguradas duas brinquedotecas, em Porto Velho, no Centro de Ressocialização Suely Maria Mendonça, e na Casa de Detenção Feminina de Guajará-Mirim. A terceira está prevista para ser inaugurada ainda no início de dezembro, em Ji-Paraná, no anexo feminino do Presídio Agenor Martins de Carvalho.

Os espaços foram aparelhados por meio de acordo de cooperação com o Departamento Penitenciário Nacional, em consonância com a Política Nacional de Atenção às Mulheres em Situação de Privação de Liberdade e Egressas do Sistema Prisional. Coube ao Governo de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), providenciar e organizara os locais adequados no interior das unidades prisionais, para instalação dos itens infantis e dos aparelhos eletrônicos e de climatização.

Aleitamento

O acordo de cooperação ainda contempla uma sala de aleitamento, que já foi instalada no Centro de Ressocialização Suely Maria Mendonça, em Porto Velho. A unidade possui cerca de 140 reeducandas; mais de 120 são mães.

A sala é mobilhada com poltrona acolchoada, cômoda para trocar fraudas, carrinho de bebê, purificador de água, projetor de vídeo, televisor, telão, aparelho eletrônico e CDs e DVDs educativos com abordagens sobre a gravidez, lactância, cuidados com o bebê, entre outras temáticas.

Secom

 

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença