Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
04/07/2019 | 11:34 - Pará / Saúde

PA. Prefeitura abre nesta sexta-feira a campanha 'Julho Amarelo' de combate às hepatites virais

Divulgação - Agência Santarém

A programação inicia no dia 5 de julho, com abertura no Belo Centro, a partir das 8h da manhã. Por todo o mês de julho, serão realizadas diversas ações de saúde que devem chamar a atenção da população santarena para os riscos das hepatites virais. O Julho Amarelo trará oferta de testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatites B e C, insumos de prevenção e distribuição de material educativo, além de orientações sobre cuidados, detecção e tratamento das hepatites virais.

 

A Campanha "Julho Amarelo" faz referência ao dia 28 de julho, data escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a celebrar o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites Virais. A campanha foi instituída este ano, pela Lei Federal 13.802 e tem por objetivo chamar a atenção para a luta contra às hepatites virais, reforçando as iniciativas de vigilância, prevenção e controle do agravo.

Desta forma, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) da Prefeitura de Santarém, por meio do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), vai realizar uma programação especial por todo o mês.


A programação inicia no dia 5 de julho, com abertura no Belo Centro, a partir das 8h da manhã. Por todo o mês de julho, serão realizadas diversas ações de saúde que devem chamar a atenção da população santarena para os riscos das hepatites virais. O Julho Amarelo trará oferta de testes rápidos para HIV, Sífilis, Hepatites B e C, insumos de prevenção e distribuição de material educativo, além de orientações sobre cuidados, detecção e tratamento das hepatites virais.

Segundo o Ministério da Saúde, milhões de pessoas no Brasil são portadoras do vírus das hepatites B e C e não sabem, correndo o risco de evoluírem para a doença crônica, cujas consequências mais graves são a ocorrência de cirrose ou câncer hepático. O Brasil registrou 40.198 casos novos de hepatites virais.

A falta do conhecimento da existência da doença é o grande desafio, por isso a recomendação é que todas as pessoas com mais de 40 anos de idade façam o teste gratuitamente em qualquer unidade de saúde e, no caso positivo, façam o tratamento que está disponível na rede pública de saúde. 

Agência Santarém

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença