Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
05/06/2019 | 22:08 - Pará / Saúde

PA. Campanha contra influenza H1N1 imuniza 83.155 pessoas em Santarém

Divulgação

Ao todo foram imunizadas 83.155 pessoas dos grupos prioritários até o dia 31 de maio, último dia da campanha na cidade. O município atingiu o percentual de 89,71% de cobertura vacinal, não conseguindo atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que era vacinar 92.693 pessoas.

 

Cobertura vacinal de 89,71% e 83.155 pessoas dos grupos prioritários imunizadas até o dia 31 de maio. Esse é o resultado do balanço da Campanha de vacinação contra a Gripe Influenza A/H1N1 realizada em Santarém. A Prefeitura de Santarém, por meio da Divisão de Vigilância em Saúde (Divisa), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), divulgou na tarde desta quarta-feira (5), os dados conclusivos da campanha nacional no município. O fechamento foi possível após a chegada dos dados provenientes das regiões ribeirinhas que devido à distância da área urbana demoram um pouco mais para serem computados.

Ao todo foram imunizadas 83.155 pessoas dos grupos prioritários até o dia 31 de maio, último dia da campanha na cidade. O município atingiu o percentual de 89,71% de cobertura vacinal, não conseguindo atingir a meta estipulada pelo Ministério da Saúde que era vacinar 92.693 pessoas.

Foram vacinadas ainda 1.326 pessoas privadas de liberdade; 243 funcionários do sistema prisional; 459 policiais militares, civis, bombeiros e membros ativos das forças armadas.

Após o dia 31 de maio, término da campanha nacional e seguindo determinação do Ministério da Saúde, a Semsa abriu a vacinação para toda a população enquanto durar os estoques nas UBSs. Porém, como restaram apenas pouco mais de 9 mil e 500 doses das 93 mil enviadas ao município, elas logo acabaram nas Unidades de Saúde. "Já não temos mais doses da vacina nas nossas UBSs. Estamos garantindo apenas a segunda dose da vacina para as crianças menores de 6 anos que precisam tomar duas doses", explica Edna Gadelha.

A enfermeira concluiu dizendo que a Divisa já solicitou para a Secretaria de Estado de Saúde do Pará (Sespa) uma nova remessa da vacina, mas ainda não recebeu retorno se serão enviadas e quando devem chegar ao município.

Assessoria de Imprensa

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença