Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
30/05/2019 | 10:45 - Internacional / Saúde

Mundo. Quem gosta de queijo vive mais, é o que confirma um estudo científico

Divulgação

A incidência dessas doenças em alguns casos foi reduzida em até 40% em comparação com indivíduos que não costumam comer esses produtos. As poliaminas atuam não apenas como antioxidantes e desintoxicantes naturais, mas também como reparadoras de tecidos danificados, retardando o envelhecimento celular.De acordo com o estudo em questão, a fonte de bem-estar seria uma substância contida nos queijos, pertencentes ao grupo das poliaminas, composto que reduz a incidência de doenças cardiovasculares e atua como fator de proteção.

 

De acordo com o estudo em questão, a fonte de bem-estar seria uma substância contida nos queijos, pertencentes ao grupo das poliaminas, composto que reduz a incidência de doenças cardiovasculares e atua como fator de proteção.

A primeira fase da análise usou alguns ratos de laboratório como sujeitos de observação, aos quais foram dados diferentes tipos de queijo, controlando seu estado de saúde a longo prazo e a maneira com a qual essa dieta influenciou sua expectativa de vida.


A segunda fase dizia respeito ao homem, usando um dos principais países consumidores de queijo, a Itália, como área de pesquisa. A amostra de 800 pessoas revelou uma conexão significativa entre o consumo de alimentos lácteos e a menor probabilidade de sofrer de doenças circulatórias ou cardíacas.

A incidência dessas doenças em alguns casos foi reduzida em até 40% em comparação com indivíduos que não costumam comer esses produtos. As poliaminas atuam não apenas como antioxidantes e desintoxicantes naturais, mas também como reparadoras de tecidos danificados, retardando o envelhecimento celular.De acordo com o estudo em questão, a fonte de bem-estar seria uma substância contida nos queijos, pertencentes ao grupo das poliaminas, composto que reduz a incidência de doenças cardiovasculares e atua como fator de proteção.

A primeira fase da análise usou alguns ratos de laboratório como sujeitos de observação, aos quais foram dados diferentes tipos de queijo, controlando seu estado de saúde a longo prazo e a maneira com a qual essa dieta influenciou sua expectativa de vida. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença