Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
26/09/2018 | 10:30 - Amazonas / Cidades

Mundo .Maduro critica EUA por sanções a sua mulher:

REUTERS/Marco Bello

De forma irônica, o líder venezuelano também agradeceu ao presidente norte-americano, Donald Trump, por impor medidas similares contra a vice-presidente e o ministro da Defesa, o que, segundo ele, demonstra que está rodeado de pessoas dignas.

 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, chamou autoridades do governo dos Estados Unidos de "covardes" por aplicarem sanções à sua mulher, Cilia Flores, entre outros membros de sua equipe de trabalho, nesta terça-feira (25). 

"Não se metam com a família... seu único delito é ser minha esposa", disse Maduro durante um ato político transmitido na televisão estatal.


De forma irônica, o líder venezuelano também agradeceu ao presidente norte-americano, Donald Trump, por impor medidas similares contra a vice-presidente e o ministro da Defesa, o que, segundo ele, demonstra que está rodeado de pessoas dignas.

 

Terra

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença