Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
02/04/2019 | 22:51 - Internacional / Esporte

Libertadores: Com etapa final apática, Verdão perde para o San Lorenzo

Divulgação

O Palmeiras voltou no intervalo com as entradas de Felipe Melo e Lucas Lima nos lugares de Thiago Santos e Bruno Henrique, respectivamente. Só que o ritmo alviverde caiu vertiginosamente. Vulnerável no meio, a equipe de Luiz Felipe Scolari praticamente assistiu ao San Lorenzo abrir o placar. Herrera saiu da lateral, avançou como quis pela intermediária e estufou a rede de Weverton com batida rasteira.

 

O Palmeiras deixou a liderança do Grupo F da Copa Libertadores escapar no Nuevo Gasometro. Com um segundo tempo sem qualquer inspiração, o Verdão foi facilmente derrotado por 1 a 0 para o San Lorenzo na noite desta terça-feira, em jogo válido pela terceira rodada. Herrera marcou o gol dos "Cuervos", que assumiram a liderança com sete pontos, contra seis dos alviverdes na competição continental.

A equipe de Luiz Felipe Scolari volta a campo pela Libertadores no dia 10 de abril, contra o Junior Barranquilla, no Allianz Parque. Antes, o Palmeiras decide seu futuro nas semifinais do Paulistão, neste domingo, contra o São Paulo.

Não fica na frente!

Após controlar as investidas de Reinero e Salazar no início do jogo, o Palmeiras achou brechas para atacar, mas teve o indigesto "fogo amigo" como adversário. Moisés arriscou da intermediária e a chance desviou em Dudu. Depois, Bruno Henrique encheu o pé da entrada da área e a bola parou nas costas de Moisés. Os alviverdes ainda tiveram calafrios quando Thiago Santos dormiu no ponto e permitiu que Juan Salazar roubasse a bola. Após receber o passe, Castellani bateu colocado e tocar a trave de Weverton.

Maldito travessão...

O "susto" não intimidou o Verdão na intensa etapa inicial. Após bola alçada por Deyverson, Moisés arriscou uma bicicleta e viu a bola carimbar o travessão. Em nova investida, Diogo Barbosa exigiu Monetti e o rebote passou perto de Moisés. Embora rondassem a área, os "Cuervos" penavam com a marcação palmeirense, e só voltaram a levar perigo quando Reinero finalizou rente à trave.

Quem marca? O San Lorenzo...

O Palmeiras voltou no intervalo com as entradas de Felipe Melo e Lucas Lima nos lugares de Thiago Santos e Bruno Henrique, respectivamente. Só que o ritmo alviverde caiu vertiginosamente. Vulnerável no meio, a equipe de Luiz Felipe Scolari praticamente assistiu ao San Lorenzo abrir o placar. Herrera saiu da lateral, avançou como quis pela intermediária e estufou a rede de Weverton com batida rasteira.

Inoperância
Em desvantagem, a equipe alviverde ensaiou uma reação em especial com Felipe Pires. Porém, as jogadas se esvaíam em erros de passes e, com Dudu e Lucas Lima apagados, o Verdão recorria sempre à bola área ou tinha escassas chances após cobranças de laterais. Mais segura, a equipe argentina chegou a exigir Weverton em tentativa de Juan Salazar e limitou-se a administrar seu triunfo. Cabe ao Palmeiras, que só voltou a assustar em cabeçada de Gustavo Gómez, virar a página de apatia do Nuevo Gasometro e mostrar poder de reação (em especial quando fica em desvantagem no placar).

FICHA TÉCNICA

SAN LORENZO 1x0 PALMEIRAS

Data-Hora: 02-04-19 - 19h15 (de Brasília)
Estádio: Nuevo Gasometro, em Buenos Aires (ARG)
Arbitro: Julio Bascuñan (CHI) Nota L!: 7,0 - Conduziu bem a partida e distribuiu bem aos cartões.
Assistentes: Claudio Rios (CHI) e Jose Retamal (CHI)

Cartões amarelos: Castellani, Herrera (SLO), Thiago Santos, Bruno Henrique, Marcos Rocha, Deyverson (PAL)

Gol: Herrera, 5/ 2º T (1-0)

SAN LORENZO: Monetti; Herrera, Coloccini, Senesi e Victor Salazar (Damián Pérez, 15/ 2º T); Castellani, Loaiza e Martínez; Reniero, Nicolás Blandi (Poblete, 40/2º T) e Juan Salazar (Barrios, 31/2º T). Técnico: Jorge Almirón

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Felipe Melo, intervalo), Bruno Henrique (Lucas Lima, intervalo), Moisés, Felipe Pires (Raphael Veiga, 26/2º T) e Dudu; Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença