Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
15/02/2018 | 13:35 - Internacional / Economia

Cash . Uber registra prejuízo de US$ 4,5 bilhões em 2017

Divulgação

Ainda segundo o levantamento, o Uber Pool é a opção que mais gera prejuízo - em comparação com as corridas tradicionais, porém, é vista com bons olhos pela empresa, que vê "um importante investimento ao longo prazo, porque tarifas mais baratas ajudam a atrair novos consumidores". O Uber Eats, por sua vez, representou 10% da receita bruta da Uber - US$ 1,1 bilhão no último trimestre de 2017.

 

A Uber divulgou nesta semana os resultados do quarto trimestre de 2017, registrando um aumento de 62% nas perdas. No ano passado, a companhia de corridas compartilhadas teve um prejuízo de US$ 4,5 bilhões, contra US$ 2,8 bilhões em 2016.
Segundo o portal The Information, que teve acesso aos dados financeiros da companhia, a Uber vem reduzindo seu prejuízo enquanto aumenta a receita. Por outro lado, o volume em caixa está ficando mais enxuto, principalmente devido aos gastos operacionais. A Uber terminou 2017 com cerca de US$ 6 bilhões em caixa, 13% abaixo do começo do ano, e faturou US$ 7,5 bilhões no período.  

O ano de 2017 foi repleto de escândalos para a companhia, seguindo acusações de assédio sexual e terminando com a saída do co-fundador e CEO Travis Kalanick, além de outros executivos. A onda negativa machucou a companhia, o que a forçou a investir mais forte em publicidade: US$ 572 milhões no terceiro trimestre. 

O quarto trimestre de 2017 foi o primeiro do novo CEO, Dara Khosrowshahi, e o único que registrou menores perdas: de US$ 1,46 bilhão no terceiro trimestre para US$ 1,1 bilhão nos últimos três meses do ano. A receita também subiu: 14% no período, subindo de US$ 9 bilhões para US$ 11,1 bilhões. 

Ainda segundo o levantamento, o Uber Pool é a opção que mais gera prejuízo - em comparação com as corridas tradicionais, porém, é vista com bons olhos pela empresa, que vê "um importante investimento ao longo prazo, porque tarifas mais baratas ajudam a atrair novos consumidores". O Uber Eats, por sua vez, representou 10% da receita bruta da Uber - US$ 1,1 bilhão no último trimestre de 2017. 

Fonte: Infomoney

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença