Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
11/08/2019 | 13:28 - Amazonas / Mundo

Artigo. Os Efeitos da Globalização. Por José de Arimatea Viana

Divulgação

O resultado são situações como as descritas, pois persevera o aumento nos índices de violência e a sensação de insegurança toma conta das pessoas. O medo, o pavor, a instabilidade econômica, as pestilências e as doenças incuráveis se alastram pela terra de forma incontrolável. Há uma população estimada em bilhões no mundo atual, sendo este um dos desafios a ser enfrentado. Conforme pesquisa dos recenseadores, que vão às ruas a cada dez anos, o total de habitantes do planeta cresceu de 6,115 bilhões no ano 2000 para 6,91 bilhões em 2011. Dados estimativos da Divisão de População das Nações Unidas até o ano de 2050, indicam que todos os países podem chegar a dez bilhões de pessoas, segundo o IBGE.

 


A globalização visa à integração total e absoluta dos principais segmentos da sociedade em defesa de uma simetria. Os objetivos são diversos, mas o principal deles é o controle total de todos os processos de dominação que envolvem a humanidade, ou seja, projetar as formas de poder sobre o mundo, controlar as forças armadas e os continentes, além da vigilância de setores dos governos, instituições, famílias e pessoas. Essa engrenagem é composta por várias ferramentas, a exemplo da expansão dos meios de telecomunicação como a Internet principalmente, que, por sua vez, tem vantagens e desvantagens, sendo uma das grandes vantagens a conveniência, pois o uso dela é rápido, fácil e está ali a poucos cliques, podemos em poucos minutos ir ao banco, fazer compras, pagar contas, emitir documentos, conversar com várias pessoas, entre outras coisas. As pessoas compartilham nas redes sociais aquilo que gostam, interagem com outras pessoas e criam um ambiente virtual de convivência cada vez maior.

Porém, as desvantagens também existem, todos os dados cadastrais de pessoas e o conteúdo das conversas e imagens são armazenados em bancos de dados para serem utilizados em momento oportuno, como maneira de fiscalizar e controlar a vida pública e privada do cidadão. É notório que o mundo passa por constantes transformações, os governos e as sociedades vivem em busca de mudanças que lhes proporcionem uma melhor qualidade de vida pela conquista ou conveniência, as coisas mudam de modo inexorável. Na primeira década do século XXI, vivenciamos uma nova realidade, pois as transformações sociais, políticas, tecnológicas e espirituais colocaram os homens em permanente estado de evolução e,ao mesmo tempo, de perplexidade diante do novo.

Diversos são os fenômenos indicando que Deus reprova as atitudes dos homens no que diz respeito às regras estabelecidas nas sagradas escrituras, haja vista as questões ambientais, como previsto em Isaías 24, nos diversos eventos fortuitos que promovem poluição, desertificação, secas, cheias, tempestades, desgelo dos polos, dentre outras ocorrências causadoras do desequilíbrio planetário.

As notícias chegam de todas as partes do mundo, informando que cidades estão sendo destruídas por tufões que ultrapassam trezentos quilômetros por hora, devastando tudo pela frente. Epidemias de toda espécie que assolam populações inteiras, promovendo o pavor, além dos problemas de superpopulação, desemprego, insegurança, violência e economia em desequilíbrio.
A nova ordem mundial apresenta diferentes faces.

O atual período histórico não é apenas a transição do capitalismo industrial para o financeiro, porém, muito mais, é a mudança para uma nova forma de ordem econômica e política, com vistas ao domínio mundial. Essa passagem que está em curso é uma preparação para o governo do anticristo, cuja implantação já se faz notar, tema amplamente falado pelos autores bíblicos, pois as pessoas se esquecem de rever os conceitos primitivos para buscar conhecimentos e sabedoria em Deus. Por isso, o SENHOR tem rejeitado o formato de governo da humanidade, Rm. 1:24-32.

O resultado são situações como as descritas, pois persevera o aumento nos índices de violência e a sensação de insegurança toma conta das pessoas. O medo, o pavor, a instabilidade econômica, as pestilências e as doenças incuráveis se alastram pela terra de forma incontrolável.
Há uma população estimada em bilhões no mundo atual, sendo este um dos desafios a ser enfrentado. Conforme pesquisa dos recenseadores, que vão às ruas a cada dez anos, o total de habitantes do planeta cresceu de 6,115 bilhões no ano 2000 para 6,91 bilhões em 2011. Dados estimativos da Divisão de População das Nações Unidas até o ano de 2050, indicam que todos os países podem chegar a dez bilhões de pessoas, segundo o IBGE.

A terra já não mais produz como antes, pois, por causa da ganância, os homens têm contaminado o planeta com a aplicação de diversos produtos poluidores. O profeta Isaías, no capítulo 24, fala da contaminação da Terra pelos seus moradores, escreveu também em seu livro que, por volta do ano 700 a.C., haveria a destruição da natureza e outros eventos importantes que previu, já ocorreram e muitos estão acontecendo e outros ainda irão acontecer até o final dos tempos.

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença