Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
29/07/2019 | 19:16 - Amazonas / Polícia

AM. Polícia Civil recupera 33 celulares subtraídos na capital e prende sete pessoas envolvidas em roubos e furtos na cidade

Alailson Santos/ PC-AM

Ao todo, foram recuperados 33 aparelhos celulares. Os aparelhos serão devolvidos às vítimas, que serão identificadas a partir do Boletim de Ocorrência (BO) registrado na delegacia. A operação deflagrada pela Polícia Civil irá prosseguir, pois existem mandados de prisão preventiva em aberto, a serem cumpridos.

 

O delegado Raul Augusto Neto, titular 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), falou, na tarde desta segunda-feira (29/07), durante coletiva de imprensa realizada às 14h30, no prédio da Delegacia Geral, sobre a recuperação de 33 aparelhos celulares roubados na capital. Os aparelhos foram encontrados durante operação deflagrada na última sexta-feira (26/07), em conjunto com servidores lotados na 5ª Seccional Centro-Sul e Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) da instituição. Ao longo dos trabalhos, sete pessoas foram presas por envolvimento em roubos e furtos na capital.

 

Cinco desses elementos integravam uma organização criminosa especializada em roubos de aparelho celulares em Manaus. Outros dois deles estavam sendo procurados por roubo a um mercadinho e furtos de objetos do interior de veículos. As diligências em torno dos casos iniciaram há um mês, quando duas vítimas tiveram os aparelhos celulares roubados por dois motoqueiros armados. O fato ocorreu em via pública, na zona centro-sul, disse Raul Augusto Neto.

 

Ao longo da coletiva de imprensa foram apresentados: Carlos Henrique Silva Ferreira, 18, conhecido como Pira; Leonardo de Lima Gomes, 26, o Léo; Thalison Marques Siqueira, 23; Vitor Hugo Araújo Machado, 18, chamado de Vitinho; e Wallaf Silva dos Santos, 40, conhecido como Cegueta, presos em cumprimento a mandados de prisão preventiva por roubo majorado e associação criminosa.

Esse grupo faz parte de uma associação criminosa responsável por mais de 25 roubos de aparelho celulares, que ocorreram em diversos bairros de Manaus, principalmente na zona centro-sul da cidade. Eles abordavam as vítimas em via pública e, em posse de arma de fogo, anunciavam o roubo. O principal foco deles era celulares com alto valor. Após o roubo, o grupo anunciava os aparelhos em uma empresa global de comércio eletrônico. Os infratores foram presos em bairros distintos na capital, disse Raul Augusto Neto.

Ainda durante a coletiva de imprensa, que contou ainda, com as presenças dos delegados George Gomes e Rafael Allemand, respectivamente diretor do DPM e titular da 5ª Seccional-Sul, Raul Augusto Neto esclareceu que, após as investigações, ficou constatado que se tratava de uma associação criminosa que tinha como objetivo principal roubar pedestres que portavam aparelhos celulares, de preferência valiosos, com alto poder de venda no mercado.

Carlos Henrique era o líder do grupo criminoso e participava ativamente dos roubos. Ele foi preso por volta das 13h da última sexta-feira (26/07), em via pública, no bairro São Francisco, zona sul da capital. Em seguida, nos deslocamos até o bairro São José, na zona leste da cidade, onde prendemos Leonardo, Vitor e Wallaf. Já Thalison foi preso em via pública, nas proximidades do Terminal de Integração 4 (T4), situado na zona leste de Manaus, relatou o titular do 12º DIP.

Roubo majorado e furto qualificado - Adalberto Anderson Correa dos Santos, 24, o Beto, e Matheus Taylo dos Santos, 22, conhecido como Matheuszinho, foram presos em cumprimento a mandados de prisão por roubo majorado e furto qualificado. A dupla faz parte de uma associação criminosa que tinha como foco roubar mercadinhos e furtar objetos de veículos utilizando um dispositivo eletrônico conhecido como Chapolin, que impede o acionamento de alarmes e travas dos veículos. Os delitos, segundo Raul Neto, vinham ocorrendo em escolas e centros comerciais na zona centro-sul de Manaus.

Adalberto e Matheus, no último dia 23 de julho, portando arma de fogo, adentraram em um mercadinho situado na comunidade Mundo Novo, bairro Flores, zona centro-sul, de onde subtraíram dinheiro e notebook do comerciante. Descobrimos, também, que um terceiro elemento dava suporte aos dois infratores, aguardando a dupla na esquina da rua, num veículo modelo Corsa Classic, de cor branca. Eles foram presos em bairros distintos na capital e fazem parte de um outro grupo especializado em roubos e furtos na cidade, enfatizou Raul Neto.

De acordo com o titular do 12º DIP, Carlos, Leonardo, Thalison, Vitor e Wallaf tiveram prisão preventiva decretada pela 8ª Vara Criminal. As ordens judiciais em nome de Adalberto e Matheus foram expedidas no Plantão Criminal.

Materiais recuperados

Ao todo, foram recuperados 33 aparelhos celulares. Os aparelhos serão devolvidos às vítimas, que serão identificadas a partir do Boletim de Ocorrência (BO) registrado na delegacia. A operação deflagrada pela Polícia Civil irá prosseguir, pois existem mandados de prisão preventiva em aberto, a serem cumpridos.

Indiciamentos

Carlos, Leonardo, Thalison, Vitor e Wallaf foram indiciados por roubo majorado e associação criminosa. Já Adalberto e Matheus foram indiciados por roubo majorado e furto qualificado. Ao término dos procedimentos cabíveis, os sete infratores serão encaminhados ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), onde ficarão à disposição da Justiça. 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença