Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
06/06/2019 | 11:46 - Amazonas / Esporte

AM. Para honrar os salários dos jogadores do Clube, Presidente do Manaus FC,vai vender Rifa nas ruas da cidade.

Divulgação - Esporte Interativo

Para não atrasar os salários dos jogadores, o Presidente do Manaus FC Giovanni da Silva( Foto) e o Presidente de Honra do Clube, decidiram arregassar as mangas e vender Rifa para ajudar o clube. O sorteio vai acontecer neste domingo, no estádio da colina, durante a partida entre Manaus FC x Santos(AP) no encerramento da primeira fase.

  

Por Cristiano Góes, PRA

 

Mesmo com a classificação antecipada para a fase do Mata-Mata da Série D - 2019, o Tri-Campeão Amazonense vive uma situação muito difícil: Falta de recursos para pagar o elenco nesta temporada.

Para não atrasar os salários dos jogadores, o Presidente do Manaus FC Giovanni da Silva( Foto) e o Presidente de Honra do Clube, decidiram arregassar as mangas e vender Rifa para ajudar o clube. O sorteio vai acontecer neste domingo, no estádio da colina, durante a partida entre Manaus FC x Santos(AP) no encerramento da primeira fase.

Você, torcedor da Região Norte, e leitor da TVN de todo Brasil, deve estar se perguntando o porque das empresas do Polo Industrial da Cidade não patrocinarem clubes da Capital.

Muitos questionamentos, propostas e apelos já foram feitos. No entanto, ao que parece, ser cultural, o descrédito com o futebol local.

Na última terça-feira, o Brasil e o mundo viram estampado na camisa do Corinthians o logotipo de uma empresa instalada em terras amazônidas e que recebe incentivos fiscais daqui.

Não estamos criticando a falta de apoio, porque as empresas decidem, e são livres, para escolher qual esporte devem ou não patrocinar. Porém, chega a ser distoante a falta de estímulo aos clubes locais.

De acordo com o Giovanni da Silva, presidente de honra do clune, o momento não é de achar culpados, e sim, arcar com o compromisso assumido com os jogadores. " Temos e vamos honrar nosso elenco. Mas, é lamentável termos um distrito industrial tão rico e ficarmos nessa situação, lamentou".

Já o presidente de honra do clube, Luis Mitoso, é mais taxativo: " Somos o único time do estado com visibilidade nacional. Saímos na mídia nacional e conhecidos pela seriedade que fazemos o nosso trabalho. No entanto, fazer futebol no Amazonas é estressante e desmotivamente, mas não iremos desistir. Ano passado, quase subimos para a Série C.

Esse ano estamos mais focados ainda, com apoio de nossa torcida, conseguiremos o acesso, explicou Mitoso. "Agradeço aqui aos nossos patrocinadores: Cimentos Poty, Elsys, Grupo São Pedro , Postos Atem e a quem de alguma maneira acredita na gente, lembrou Mitoso "

O momento agora é de união. A atitude da diretoria do Manaus FC acende um alerta sobre o esporte no estado, não só o futebol, como as modalidades esportivas em geral. Todos os clubes ficam com o " Pires na mão". Precisamos ter uma federação de futebol unida e profissional.

Seja você torcedor de São Raimundo , Rio Negro, Manaus, Fast, Nacional e tantos outros. O momento é de união. Ou todos se unem pelo esporte no estado ou o fundo do poço sempre será uma realidade.

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença