Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
18/09/2018 | 10:23 - Amazonas / Cidades

AM. Manaus Solidária lança Edital de Fomento durante I Workshop de Integração com organizações sociais

Karla Vieira / Fundo Manaus Solidária

Conforme Elisabeth Valeiko, a ideia do workshop é permitir que as organizações sociais, sobretudo, as menores aprendam como concorrer de igual para igual nos editais de fomento, não somente no do Fundo Manaus Solidária, mas em todos os editais nas esferas de governo. Além disso, o workshop foi uma grande oportunidade para troca de informações, experiências e aprendizado. “Os critérios essenciais para participar de qualquer edital essas organizações sociais que estão aqui todos já têm, que é essa vontade de ajudar, de ser solidário. Para isso não tem curso, não tem universidade, não tem treinamento você querer abraçar e acolher as pessoas dos bairros, sobretudo, as que estão em vulnerabilidade social.

 

O primeiro Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária, no valor de R$ 5.760.000, para o fomento de 32 projetos no valor máximo de R$ 180 mil, foi lançado pela presidente do Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, nesta segunda-feira, 17/9, durante o I Workshop de Integração Manaus Solidária, realizado no Les Artistes Café Teatro, Centro. Os requisitos do Edital de Fomento serão publicados, até o final deste mês, no Diário Oficial do Município (DOM).

 

O I Workshop de Integração Manaus Solidária é o início de uma série de ações que serão colocadas em prática para apoiar organizações sociais que promovem o bem-estar, a inclusão social e o fortalecimento da cidadania nos diversos bairros da cidade. Aproximadamente 100 pessoas, ligadas a 48 organizações sociais que participaram do Edital de Credenciamento, realizado pelo órgão no primeiro semestre deste ano, participaram do evento.

 

Conforme Elisabeth Valeiko, a ideia do workshop é permitir que as organizações sociais, sobretudo, as menores aprendam como concorrer de igual para igual nos editais de fomento, não somente no do Fundo Manaus Solidária, mas em todos os editais nas esferas de governo. Além disso, o workshop foi uma grande oportunidade para troca de informações, experiências e aprendizado.

 

“Os critérios essenciais para participar de qualquer edital essas organizações sociais que estão aqui todos já têm, que é essa vontade de ajudar, de ser solidário. Para isso não tem curso, não tem universidade, não tem treinamento você querer abraçar e acolher as pessoas dos bairros, sobretudo, as que estão em vulnerabilidade social.

Nosso maior objetivo é dar oportunidades, oportunidade, inclusive para mim é a palavra-chave. A gente precisa dar oportunidade e é isso que quero por meio dessas instituições. É gerar, é transformar, é motivar esse nosso pensamento, essa nossa vontade de contribuir e ajudar a quem precisa e assim alcançar mais pessoas”, disse.

 

O workshop contou com painéis sobre os objetivos do encontro de trabalho, planejamento de ações e oficinas de projetos que foram facilitadas pela equipe do Fundo Manaus Solidária, pela chefe da divisão de convênios e contratos da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), Jaqueline Figueiredo e pela equipe do Instituto Aquila, primeira empresa parceira do Fundo Manaus Solidária.

 

Participantes

A Associação de Amigos do Autismo do Amazonas (AMA) foi uma das 48 organizações sociais que participaram do workshop. Sediada no Puraquequara, zona Leste, o AMA atende a 60 jovens e adultos com autismo leve, moderado e severo com a oferta de assistência social, atividades pedagógicas, desportivas, terapias e lazer. Conforme a assistente social do AMA, Valdenice Souza dos Santos, o workshop foi de grande importância, sobretudo, porque tem o propósito único de melhorar a qualidade de vida de pessoas que precisam muito de atenção e assistência em diversos aspectos.

 

“Esse espaço, todo esse aprendizado vai permitir que a gente leve mais autonomia para a instituição na parte financeira e, consequentemente na realização dos nossos projetos, permitindo que haja mais inclusão do nosso público. O terceiro setor vive de ajudas, vive de doações, mas é uma carga pesada para mantermos e essa outra mão, essa parceria com a Prefeitura, por meio do Fundo Manaus Solidária é de grande importância para todos nós”, afirmou.

 

Outra organização social que participou do I Workshop de Integração Manaus Solidária foi o Instituto Jovens do Futuro. Com atividades de assistência social básica para famílias em situação de vulnerabilidade social nas áreas urbana e rural de Manaus, o Instituto atende a mil famílias distribuídas entre o bairro União da Vitória, o ramal do Leão e o paraná do Iranduba.

 

De acordo com a assistente social e coordenadora de projetos do Instituo Jovens do Futuro, Arlem Loureiro é importante sempre buscar oportunidades de qualificação e de conhecimento porque isso irá impactar, diretamente nas possibilidades de atração de recursos e, consequentemente, nos investimentos para tentar melhorar a qualidade de vida das pessoas que são assistidas pelas organizações sociais.

 

“Para elaborar um projeto é preciso que as ideias sejam elencadas de forma que quem o pegue consiga entender o que ele vai trazer de benéfico para comunidade. Só que nem sempre conseguimos fazer isso e é por isso estamos aqui. Hoje o Instituto tenta atuar onde os recursos são escassos e há uma demanda muito grande de famílias, de jovens ociosos. Nós, por meio dos nossos serviços, tentamos fortalecer os vínculos comunitários e gerar qualificação profissional, nossa principal demanda. Queremos poder concorrer ao Edital de Fomento e também poder estabelecer outras parcerias com o Fundo Manaus Solidária”, finalizou.

 

 Assesssoria de Imprensa

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença