Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS VÍDEOS RÁDIO
notícias
10/10/2017 | 18:05 - Amazonas / Economia

AM. Feira de Artesanato abre nesta quarta-feira, na Ponta Negra

Divulgação . Esse Mundo é nosso

O objetivo da Fama é oferecer mais espaços para que os artesãos possam mostrar seus produtos e artes. Haverá desde objetos decorativos e de uso doméstico até peças de arte, entre outros. Ao todo serão 30 barracas com exposição de obras que utilizam todas as técnicas de artesanato e matérias-primas, incluindo reutilização de materiais recicláveis.


  

Mais de 90 artesãos irão expor seus trabalhos na Feira de Artesanato do Aniversário de Manaus (Fama), no Complexo Turístico da Ponta Negra, zona Oeste, no período de 11 a 24 de outubro, das 16h às 23h, de segunda a sexta-feira; e das 9h às 23h, aos sábados, domingos e feriados. O evento é promovido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Diretoria de Economia Solidária da, Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad).

 

O objetivo da Fama é oferecer mais espaços para que os artesãos possam mostrar seus produtos e artes. Haverá desde objetos decorativos e de uso doméstico até peças de arte, entre outros. Ao todo serão 30 barracas com exposição de obras que utilizam todas as técnicas de artesanato e matérias-primas, incluindo reutilização de materiais recicláveis.

 

A secretária da Semtrad, Ananda Carvalho, explica que o objetivo da Feira de Artesanato é permitir que os artesãos tenham acesso ao mercado e possam aumentar e otimizar suas vendas. “O artesão é um empreendedor por natureza. O que temos feito é dar condições para que eles se modernizem, preparem-se para o novo cenário em que o país está vivendo e possam melhorar as suas vendas, o que muitas vezes garante o sustento de suas famílias”, explica Ananda, ressaltando a orientação do prefeito Arthur Neto, em garantir mais oportunidades a todos que queiram empreender, gerando renda e movimentando a economia na cidade.

 

A Semtrad conta hoje com mais de 200 artesãos cadastrados. Todos os anos são realizados eventos que promovam o escoamento dos produtos elaborados pelos artistas. “Temos percebido um movimento de migração de pessoas que buscam no artesanato desde uma forma de terapia ocupacional até a geração de renda para as famílias”, explica o diretor da Economia Solidária da Semtrad, Virgílio Melo. “É também uma maneira de fazermos com que a população conheça o talento dos nossos artesãos, ao mesmo tempo, em que têm acesso a produtos úteis com preços acessíveis”, salientou.

 Fonte: Semtrab

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2017 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença