Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
29/04/2019 | 09:02 - Amazonas / Cidades

AM. Detran-AM realizou mais de 300 testes de alcoolemia no final de semana

Divulgação / Detran-AM

De acordo com o balanço mensal, no mês de abril foram realizados 708 testes de alcoolemia, o que resultou na autuação de 90 motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. As operações também aplicaram 715 multas por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

 

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), por meio da Operação Lei Seca, autuou sete motoristas por dirigir sob efeito de álcool, durante a sexta-feira (26/4) e a madrugada desta segunda-feira (29/4). No mesmo período, foram realizados 306 testes de alcoolemia, o popular bafômetro. As ações se concentraram na Praça do Eldorado, zona sul; avenidas Max Teixeira e Francisco Queiroz, zona norte; e avenida Coronel Teixeira, zona oeste da capital amazonense.

Durante as abordagens ocorridas neste fim de semana, também foram apreendidas 11 Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs), 27 Certificados de Registro de Licenciamento Veicular (CRLV), além de 28 veículos retidos. No total, 140 motoristas foram autuados por diversas infrações.

A ação foi realizada por meio do Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot) do Detran-AM, Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans).

Balanço

De acordo com o balanço mensal, no mês de abril foram realizados 708 testes de alcoolemia, o que resultou na autuação de 90 motoristas flagrados dirigindo sob o efeito de bebida alcoólica. As operações também aplicaram 715 multas por diversas infrações ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

As ações realizadas pela equipe do Neot visam coibir os abusos no tráfego urbano, praticados por motoristas que insistem em desobedecer às leis de trânsito, especialmente no que se refere à embriaguez ao volante.

O CTB prevê que os condutores de veículos flagrados dirigindo sob efeito de álcool estão sujeitos a multa e podem responder a processo administrativo, com o risco de ter a CNH suspensa por um período de um ano. Nos casos em que houver reincidência, a multa e o período de cassação da CNH serão dobrados.


FOTOS: Divulgação / Detran-AM
 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença