Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
15/02/2018 | 12:03 - Amazonas / Meio Ambiente

AM . Prefeitura retira mais de 800 toneladas de lixo das ruas no Carnaval

Divulgação

Nos próximos dias, até início de março, mais blocos e bandas de Carnaval ainda devem acontecer. “As equipes da Semulsp continuarão nas ruas, atuando, tanto na fiscalização das festas, quanto na limpeza da cidade”, disse o secretário. As festas que não cumpriram a Lei já começaram a ser chamados à sede da Semulsp para esclarecimentos ou multa. As bandas de Carnaval que reincidirem receberão multa de 70 UFMs (Unidade Fiscal do Município).

 

 

Oitocentos e vinte e quatro toneladas de lixo foram retiradas das vias de Manaus pela Prefeitura Municipal no Carnaval 2018. O trabalho, executado pela Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), envolve a limpeza de ruas, bairros e do entorno do Sambódromo, onde ocorreu o desfile das Escolas de Samba.

 

A operação de limpeza da Semulsp contou com mais de 120 funcionários atuando no pré e pós Carnaval. Durante o evento no Sambódromo, a Semulsp disponibilizou dois carros coletores fixos e equipes na manutenção do local.

 

Para o secretário municipal de Limpeza Urbana, Paulo Farias, o balanço da operação de limpeza é positivo, principalmente, no que se refere ao cumprimento da Lei 1.944, sancionada pelo prefeito Arthur Virgílio Neto, em dezembro de 2014, que obriga os organizadores de eventos a limparem as ruas utilizadas para a realização de festas. “A grande maioria das bandas cumpriu a determinação e limpou as ruas após os eventos. Nossa fiscalização acompanhou os blocos e a limpeza da cidade recebeu importante apoio de cada banda carnavalesca. É um exemplo que a cidade de Manaus dá ao resto do Brasil. No mais, a cidade encerrou o período carnavalesco limpa”, avaliou.

 

Nos próximos dias, até início de março, mais blocos e bandas de Carnaval ainda devem acontecer. “As equipes da Semulsp continuarão nas ruas, atuando, tanto na fiscalização das festas, quanto na limpeza da cidade”, disse o secretário.

 

As festas que não cumpriram a Lei já começaram a ser chamados à sede da Semulsp para esclarecimentos ou multa. As bandas de Carnaval que reincidirem receberão multa de 70 UFMs (Unidade Fiscal do Município).

 Fonte: SEMCOM

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença