Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
23/03/2019 | 20:08 - Amazonas / Economia

AM . Maraã ganha feira para comércio de mais de 50 toneladas de pescado por mês

Divulgação- Ciama

Além de beneficiar os mais de 17 mil habitantes do município, a Feira do Pescado também vai beneficiar as regiões localizadas no triângulo da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (Uarini, Fonte Boa e Maraã), que tem a maior produção de pescado do Estado.

 

A inauguração da Feira do Pescado do município de Maraã (a 634 quilômetros de Manaus em linha reta) será no próximo sábado (23/03), às 11h. Tanto a criação do projeto quanto a intermediação para a liberação do recurso de R$ 700 mil provenientes do Governo Federal foram viabilizadas pelo Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Ciama).

Além de beneficiar os mais de 17 mil habitantes do município, a Feira do Pescado também vai beneficiar as regiões localizadas no triângulo da Reserva de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (Uarini, Fonte Boa e Maraã), que tem a maior produção de pescado do Estado.

Estamos muito felizes porque pudemos contribuir com essa parte da engenharia de infraestrutura e ambiental, que era uma carência da prefeitura, e o benefício agora chega para quem enfrentava todo dia a dificuldade de não ter um ambiente preparado para receber o seu peixe, armazenar, tratar e vender, comenta o presidente da Companhia de Desenvolvimento do Amazonas, Aluizio Barbosa.

Estrutura do espaço

O projeto foi desenhado para atender os feirantes que comercializavam, anteriormente, nas calçadas, gerar inicialmente 60 empregos diretos e receber cerca de 500 pessoas em circulação. Possui salão amplo com expositores para o pescado (de inox), semelhante aos utilizados nos grandes mercados de peixe da cidade de Manaus, assim como pias de aço inoxidável. Além do grande salão, o espaço terá três lanchonetes e sanitários (feminino e masculino e para portadores de necessidades especiais).

De acordo com a Secretaria de Produção do município, o pescado é a base da economia dessa região, que fornece 50 toneladas de peixe/mês e 1.200 kg diariamente, em especial o pirarucu.  

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença