Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
03/12/2018 | 13:44 - Amazonas / Esporte

AM . Final da Libertadores Feminina: Atlético Huila vence Santos nos pênaltis e frustra o tricampeonato das Sereias

Divulgação

Os mais de 4 mil torcedores presentes na Arena da Amazônia assistiram um duelo apertado na segunda etapa, que começou com o gol de empate das colombianas. Com apenas um minuto de jogo, a capitã Gavy Santos deixou tudo igual na final. Após escanteio, a goleira Nicole saiu errado e a bola sobrou para a camisa 13, que acertou um chute com a bola ainda no alto. 1 a 1.

 

A Libertadores Feminina conheceu a sua campeã: Santos e Atlético Huila ficaram no empate por 1 a 1 no tempo normal e a equipe colombiana conquistou a taça nos pênaltis. A partida aconteceu em Manaus, na Arena da Amazônia.

O primeiro gol da partida saiu logo no início do jogo. Com apenas dois minutos de decisão Brena abriu o placar. A camisa 5 do Santos recebeu a bola no meio do campo e acertou um chutaço de fora da área. Não deu nem tempo para a goleira Solera reagir. 1 a 0 para as Sereias da Vila.

A primeira etapa foi dominada pelo Santos. A camisa 4, Maurine, assustou duas vezes o gol colombiano: dois lances de bola parada. Aos 21 minutos, Maurine quase ampliou em cobrança de falta, mas a bola explodiu no travessão do Huila. 

Os mais de 4 mil torcedores presentes na Arena da Amazônia assistiram um duelo apertado na segunda etapa, que começou com o gol de empate das colombianas. Com apenas um minuto de jogo, a capitã Gavy Santos deixou tudo igual na final. Após escanteio, a goleira Nicole saiu errado e a bola sobrou para a camisa 13, que acertou um chute com a bola ainda no alto. 1 a 1.

Emily Lima tentou reanimar a equipe alvinegra e fez duas substituições: entrou Rosana e Chú e saíram Ketlen e Brena.

Apesar das boas chances criadas pelas duas equipes, a partida terminou com placar igual e a disputa foi para os pênaltis.

Nas penalidades, o Huila foi 100% nas cobranças e contou com o erro de Angelina, do Santos, para confirmar o título.

ESPN

A equipe colombiana tem apenas dois anos de existência e já leva para casa um dos troféus mais cobiçados do continente, derrubando os bicampeões na categoria.

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2018 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença