Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
26/02/2019 | 12:30 - Amazonas / Saúde

AM . FCecon forma sete médicos residentes na área oncológica

Divulgação/FCecon

O programa de Residência Médica tem como objetivo ampliar as áreas de especialização médica no Amazonas. As vagas são disponibilizadas anualmente por meio de edital público e o médico permanece no hospital entre dois e três anos, conforme a área escolhida. Atualmente, o programa conta com 18 residentes.

 

 

 

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), órgão vinculado à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), realizará, nesta quarta-feira (27/02), às 19h, a formatura de sete médicos residentes para o mercado de trabalho nas especialidades de Mastologia, Anestesiologia e Cirurgias Oncológica e de Cabeça e Pescoço. A solenidade ocorrerá no auditório João Batista Baldino, localizado na rua Francisco Orellana, nº 215, bairro D. Pedro.

 

O programa de Residência Médica tem como objetivo ampliar as áreas de especialização médica no Amazonas. As vagas são disponibilizadas anualmente por meio de edital público e o médico permanece no hospital entre dois e três anos, conforme a área escolhida. Atualmente, o programa conta com 18 residentes.

 

Conforme o diretor-presidente da FCecon, mastologista Gerson Mourão, a residência médica tem impacto significativo nos serviços hospitalares, além de permitir ao médico residente especializar-se em áreas estratégicas para o Sistema Único de Saúde (SUS) e para a Fundação. Muitos desses médicos oncologistas acabam sendo agregados ao corpo clínico do hospital e reforçando a equipe de atendimento, frisou Mourão.

 

Melhorias

A Residência Médica existe na Fundação há 14 anos. Desde sua criação, em 2004, o programa tem contribuído com a melhoria da assistência oncológica, na diminuição do número de filas e agilidade nos serviços prestados. Ao todo, já foram formados pela Fundação 36 especialistas nas áreas de: Cirurgia Oncológica, Cabeça e Pescoço, Mastologia, Radiologia e Diagnóstico por Imagem e Anestesiologia.

 

Formandos 

Os médicos formandos são: Alice Brito Brandão e Amanda Moreira de Abreu  Cirurgia Oncológica; Thomas Jefferson Reis Pereira  Cirurgia de Cabeça e Pescoço; Antônio Cosme de Carvalho Neto e Jander Rafael Nogueira da Silva  Mastologia; Mewryane Câmara Brandão Ramos e Fernanda Rondon Fonseca Pirangy  Anestesiologia.

 

Qualificação

O médico Antônio Cosmo de Carvalho Neto, residente de Mastologia, elogiou a qualificação e a competência dos profissionais que o acompanharam durante a especialização. Ajudaram-me na assimilação de novos conhecimentos técnicos na área de oncologia e cirurgia de mama. Quero destacar também a parte humana e acolhedora que a instituição oferece aos residentes. É a melhor forma de pós-graduação e formação profissional. O sentimento é de dever cumprido, frisou.

 

Antônio Carvalho disse que sai com a certeza de estar preparado para o mercado de trabalho e apto para ajudar aos que necessitam. Ele disse que tem o desejo de retornar e fazer parte do quadro de médicos da FCecon.

 

Nova turma

Na próxima sexta-feira (01/03), a FCecon irá receber a nova turma de residentes, que terá nove médicos. Eles atuarão nas áreas de Anestesiologia, Mastologia, Radiologia, Cirurgia Oncológica e Cabeça e Pescoço.

 

Atualização 

De acordo com a diretora do Departamento de Ensino e Pesquisa (DEP), ao qual o programa está vinculado, Kátia Luz Torres, os médicos residentes têm acesso a métodos inovadores e atualização constante sobre procedimentos nas especialidades oferecidas. “A FCecon é um hospital de alta complexidade que trabalha exclusivamente com câncer, o que contribui para o atendimento de distintos casos de câncer, pessoas de diferentes estados da região Norte e de países vizinhos. Essas características fornecem estudos de fatos singulares no campo da oncologia”, salientou.

 

Por meio do programa são formados médicos que proporcionam ao paciente um atendimento mais humanístico, frisou Kátia Torres. Segundo ela, os médicos também são incentivados a produzir cientificamente e publicar os trabalhos em revistas científicas nacionais e internacionais, assim, colocando a Fundação no cenário nacional.

 

Convênio

O programa de Residência Médica é realizado por meio de convênio entre as Comissões Estadual (Cermam) e da FCecon (Coreme), conforme estabelecido pelo Ministérios da Educação (MEC) e da Saúde (MS) para formação e capacitação de profissionais médicos. Trata-se de uma modalidade de ensino de pós-graduação instituída pelo Decreto nº 80.281, de 5 de setembro de 1977, sob a forma de curso de especialização.

 

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença