Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
18/05/2019 | 10:47 - Amazonas / Eventos

AM . Famílias de Santa Isabel do Rio Negro prestigiam o projeto ‘Ópera Mirim’

Michael Dantas - Sec

“Foi muito bonito. Esta foi a primeira vez que o povo aqui do município teve a oportunidade de ver um espetáculo assim. Vi do começo ao fim, e meu filho também não tirou o olho”, disse Aracy Monteiro, 30, que compareceu ao espetáculo com o filho, o pequeno Theo de 1 ano. Ela foi uma das centenas de mães que prestigiaram os artistas do Pequeno Teatro do Mundo.

 

Projeto do Festival Amazonas de Ópera realizou primeira apresentação no interior do Amazonas nesta sexta-feira (17/5)

Sentadas em grupo na frente do pequeno palco e nas cadeiras dentro do Ginásio Poliesportivo, as famílias de Santa Isabel do Rio Negro esperaram ansiosas pelo abrir das cortinas do “Ópera Mirim”, projeto do 22º Festival Amazonas de Ópera (FAO), apresentado no município na noite desta sexta-feira (17/5). Foi a primeira vez que muitas delas viram um teatro de marionetes e também ouviram ópera.

“Foi muito bonito. Esta foi a primeira vez que o povo aqui do município teve a oportunidade de ver um espetáculo assim. Vi do começo ao fim, e meu filho também não tirou o olho”, disse Aracy Monteiro, 30, que compareceu ao espetáculo com o filho, o pequeno Theo de 1 ano. Ela foi uma das centenas de mães que prestigiaram os artistas do Pequeno Teatro do Mundo.

O “Ópera Mirim” faz parte da programação do FAO, realizado pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (SEC), com patrocínio master do Bradesco, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, Ministério da Cidadania e Secretaria Especial de Cultura. O evento, que começou no dia 26 de abril, segue com apresentações de ópera, recitais e concertos até 30 de maio.

A apresentação do “Ópera Mirim”, com a obra “O Menino e os Sortilégio”, também foi marcada pela inauguração do Liceu de Artes Carequinha, do município de Santa Isabel do Rio Negro, que vai oferecer aulas de música para os moradores.

“Tivemos a grata surpresa de casar estes dois eventos. A apresentação contou com inúmeras pessoas, entre crianças, jovens e adultos e mostrou o potencial do município, que cuida bem da sua gente e aprecia eventos artísticos. Com este Liceu, que foi iniciativa da própria prefeitura, também vislumbramos parcerias para trazer oficinas de arte e de música para o município”, declarou a secretária executiva da SEC, Sigrid Cetraro.

Titular da Secretaria de Cultura, Turismo e Eventos do município, Bosco Souza destacou a inclusão de Santa Isabel na programação do FAO. “Não podíamos estar mais felizes neste dia. Termos uma apresentação do Festival juntamente a inauguração do nosso liceu é algo marcante e que cria muitas possibilidades para o município, que entra no roteiro para mais projetos culturais no interior do Estado”, disse.

Público - Em mais uma apresentação com o teatro de marionetes e a obra “L’enfant et les Sortilèges” (“O Menino e os Sortilégios”), do compositor e pianista francês Maurice Ravel (1875-1937), os artistas Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos prenderam a atenção dos pequenos e jovens presentes no Ginásio Poliesportivo.

Ao fim da apresentação, crianças e adolescente ficaram ao redor de Fabiana para aprender mais sobre o processo de manusear as cordas dos marionetes. “O interior tem um calor diferente e sempre muito receptivo ao teatro. É lindo ver a magia que as marionetes exercem sobre as crianças, e este momento em que nos aproximamos delas para mostrar as peças é um dos melhores, porque elas mostram interesse em tudo. É um privilégio poder estar aqui”, comentou a artista.

A estudante Nicole Gabriele, 18, foi umas das jovens que se aproximaram dos artistas ao fim da apresentação. “Gostei muito do espetáculo e agora vejo o quanto é difícil acertar os movimentos deles (marionetes) em cada detalhe”, disse.

Erick Nunes, 17, manuseou o personagem principal por alguns minutos e disse ter interesse em aprender mais sobre o teatro de marionetes. “Eu me interessei pelos detalhes sobre como eles movimentam cada membro em cada linha. Se houvesse uma oficina, eu com certeza iria para aprender mais”, afirmou o estudante.

‘Ópera Mirim’ – Unindo o lúdico ao erudito, o projeto já foi apresentado na Casa Vhida, Hospital Infantil Dr. Farjado, Hospital e Pronto Socorro da Criança e no Hall do Teatro Amazonas.

Neste sábado (18/05), o projeto segue para a comunidade indígena Filadélfia, no município de Benjamin Constant.

Em Manaus, o projeto ainda terá apresentações no Centro de Educação em Tempo Integral Zilda Arns, no dia 29 de maio, e novamente no Hall do Teatro Amazonas, no dia 26/5, com entrada gratuita.

Marionetes de fio

O Pequeno Teatro do Mundo é uma companhia de teatro de marionetes de fio, formada pelos artistas Fábio Retti e Fabiana Vasconcelos Barbosa, que resgata a tradição do teatro mambembe. Unindo sua expertise no teatro de animação à sua paixão pela ópera, encanta e diverte os espectadores, ao mesmo tempo em que promove uma experiência educativa e de iniciação artística, apresentando o universo da música erudita em uma linguagem popular.

Sobre o 22º FAO

Em 2019, o FAO celebra o centenário de nascimento de Claudio Santoro com a apresentação da ópera “Alma”, do compositor e maestro amazonense. Também estão na programação “Ernani”, de Giuseppe Verdi; “Maria Stuarda”, de Gaetano Donizetti; “Tosca”, de Giacomo Puccini; e “Mater Dolorosa”, baseada na cantata “Stabat Mater Dolorosa”, de Giovanni Pergolesi.

Os ingressos para o FAO 2019 estão à venda na bilheteria do Teatro Amazonas e pelo site Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com/teatroamazonas), com valores que vão de R$ 2,50 a R$ 60.

A programação do festival abrange ainda o Recital Bradesco, com canções compostas por Claudio Santoro; o projeto “Ópera Mirim”; o encontro “Os Teatros de Ópera e a Economia Criativa na América Latina”, voltado para apresentar dados e casos de sucesso sobre a Indústria da Ópera na América Latina; o concerto do Dia das Mães; e Mulheres da Ópera.

Sobre o Bradesco Cultura

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte.

São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do Teatro Bradesco em São Paulo. Fazem parte do calendário 2019 atrações como o musical “O Fantasma da Ópera” e o Natal do Bradesco, em Curitiba.

Para mais informações sobre essas e outras ações, projetos e atividades desenvolvidas pela Secretaria de Estado de Cultura, acesse o Portal da Cultura (www.cultura.am.gov.br). Confira também os perfis do órgão no Facebook, Twitter e Instagram - culturadoam.

 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença