Assembleia Legislativa do Amazonas Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Economia Educação Energia Esporte Eventos Meio Ambiente
GALERIAS VÍDEOS RÁDIO
notícias
Enviar por e-mail Imprimir Compartilhar
06/11/2017 | 12:45 - Amazonas / Saúde

AM . Em Washington, programa de combate à malária de Eirunepé é eleito o melhor das Américas

Divulgação

os últimos cinco anos, Eirunepé conseguiu reduzir os casos da endemia de mais de 5,5 mil ocorrências ano, para pouco mais de 100 no mesmo período. O prefeito também foi acompanhado pelos membros da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Márcio Fabiano e Elder Figueira, principais parceiros do município no combate à malária.

 

 

 

Por ter praticamente zerado os índices de malária nos últimos anos, o município de Eirunepé teve seu programa de combate à doença eleito o melhor das Américas pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). A premiação foi recebida nesta sexta-feira, 3 de novembro, pelo prefeito Raylan Barroso, durante cerimonia realizada em Washington, nos Estados Unidos.

 

Nos últimos cinco anos, Eirunepé conseguiu reduzir os casos da endemia de mais de 5,5 mil ocorrências ano, para pouco mais de 100 no mesmo período. O prefeito também foi acompanhado pelos membros da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Márcio Fabiano e Elder Figueira, principais parceiros do município no combate à malária.


“Hoje, ficamos muito felizes em termos nossos esforços reconhecidos internacionalmente, mas o maior prêmio que podemos receber é saber que conseguimos superar os altos índices de malária que tínhamos em Eirunepé há alguns anos. Com muito trabalho, em parceria com a FVS conseguimos avançar na erradicação da malária, Esse é um mérito de todos, principalmente aos profissionais da Saúde que trabalham na linha de frente da prevenção de endemias”, disse o prefeito.

 

O programa do município amazonense disputou o primeiro lugar com uma iniciativa do Parque Nacional do Jaú, também do Amazonas e outra Haitiana, realizada em parceria com a República Dominicana.

 

Nos primeiros oito meses de 2017, o Amazonas registrou mais de 47 mil casos de malária. Manaus, São Gabriel da Cachoeira, Santa Izabel do Rio Negro, Barcelos e Coari foram as cidades com mais casos registrados. Na contramão, o município de Eirunepé foi a cidade que praticamente zerou o número de casos de malária graças a Programa de Controle do Vetor.

 

Opas - A Organização Pan-Americana da Saúde é um organismo internacional de saúde pública com um século de experiência, dedicado a melhorar as condições de saúde dos países das Américas. A integração às Nações Unidas acontece quando a entidade se torna o Escritório Regional para as Américas da Organização Mundial da Saúde. A OPAS/OMS também faz parte dos sistemas da Organização dos Estados Americanos (OEA) e da Organização das Nações Unidas (ONU).

 Fonte: Assessoria de Imprensa

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2017 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença