Amazônia Assembleia Legislativa do Amazonas Brasília Câmara Municipal de Manaus Cidades Ciência Cotidiano Economia Educação Energia
GALERIAS RÁDIO TV
notícias
25/02/2019 | 00:02 - Amazonas / Economia

AM . Amazonprev suspende mais de 1,1 mil benefícios por falta de recadastramento

Roberto Carlos / Secom

Como resultado, esses segurados não receberão seus salários a partir deste mês e pelos próximos também, caso não procurem a fundação previdenciária para atestarem a prova de vida, conforme determina a Lei Complementar 30/2001. É essa lei que estabelece como critério de recadastramento o mês de aniversário do beneficiário.



A Amazonprev suspendeu, na sexta-feira (22/02), mais de 1,1 mil benefícios por falta de atualização cadastral, após quase dois meses de intensa campanha para atrair aposentados e pensionistas dentro do período de recadastramento anual obrigatório. O número representa 9,32% do total de segurados com aniversários entre setembro e dezembro de 2018 e janeiro de 2019.

Como resultado, esses segurados não receberão seus salários a partir deste mês e pelos próximos também, caso não procurem a fundação previdenciária para atestarem a prova de vida, conforme determina a Lei Complementar 30/2001. É essa lei que estabelece como critério de recadastramento o mês de aniversário do beneficiário.

Em vista da ampliação dos canais de comunicação da Amazonprev, esse número de salários sustados não foi maior. Até meados de janeiro, mais de 3,4 mil segurados ainda não haviam procedido o recadastramento. Aumentamos, então, a divulgação de chamadas desses beneficiários e, assim, fechamos fevereiro com um pouco mais de mil pessoas que não atenderam aos comunicados, esclareceu o presidente da Amazonprev, André Luiz Zogahib.

Para este mês, por exemplo, não há mais possibilidade de restabelecimento do benefício, ainda que ocorra o recadastramento. Esse pagamento retorna para a conta do beneficiário em até uma semana após a atualização dos dados cadastrais.

Vale lembrar que para o recadastramento de quem mora em Manaus o acesso é direto no endereço da Amazonprev, na avenida Visconde de Porto Alegre, 486, centro, de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h30. Já os residentes no interior podem atualizar seus dados nas unidades da Secretaria de Educação do Estado (Seduc) localizadas em seus municípios. Durante o recadastramento é necessário que o segurado apresente carteira de identidade, CPF e comprovante de residência.

Para os domiciliados em outros estados, a atualização cadastral é realizada por meio do site www.amazonprev.am.gov.br. O segurado deve imprimir os formulários e preenchê-los com seus dados. Após esses procedimentos, a assinatura deverá ser reconhecida em cartório por autenticidade, antes de encaminhá-los, pelos Correios, para o endereço da Amazonprev em Manaus.

Visita domiciliar - Os beneficiários residentes na capital que estejam impossibilitados de locomoção (acamados, internados em hospitais ou em casas de repouso), podem solicitar, com antecedência, a visita domiciliar dos agentes da Amazonprev. O telefone para agendamento é o ‪‪3627-3404‬‬ ou pelo Fale Conosco no site da Amazonprev.
 

deixe seu comentário

Nome:

E-mail:

* Seu e-mail não será publicado

Mensagem:
Acompanhe nas redes sociais

© 2006 - 2019 Roteiro Amazônico. Todos os direitos reservados.

sob liçença